Impermeabilização de estruturas enterradas tais como: túneis metroviários, rodoviários, ferroviários, subsolos, estações de metrô, garagens e poços de ventilação. Sistema aplicado no metrô de São Paulo, com base nas normas europeias, testado e aprovado em ensaios realizados no laboratório de geossintéticos da Escola de Engenharia da USP de São Carlos.